Rio de Janeiro > Guapimirim > Agulha do Diabo > Via de conquista da Agulha do Diabo

Via de conquista da Agulha do Diabo
4º V (A0(2)/VI) C D2 E3
Montanha: Agulha do Diabo
Cadastrada por: Fabrício Vieira, em 22-02-2019 às 17:05
Modalidade: tradicional
Tipo de via: principal
Face: nordeste
Tipo de escalada predominante: chaminé
Extensão: 250 metros
Descrição: Antes de sua conquista, era chamada de "Penhasco Fantasma" e renomeada pelos conquistadores como Agulha do Diabo. Começaram a conquista em 1939 e finalizaram em 29 de junho de 1941. Ficou a cargo de Giuseppe Toselli o último lance da conquista - todos integrantes do CEB. A escalada exige uma boa técnica de chaminés e um lance de entalamento no tradicional cavalinho. Obs: após a saída do guia do "Lance do Cavalinho", é recomendável ao mesmo ir até ao cume da unha, mesmo com o maior arrasto. E assim puxar o participante com um freio blocante. Obs: Leve em conta o tempo de aproximação e retorno, que nesse caso é longa. PROTEÇÃO DA CHAMINÉ REFORMADA PELO ESCALADOR Hillo Santana
Fonte: Livro História do Montanhismo do Rio de Janeiro de Waldecy Mathias Lucena
Equipamento extra necessário:
  • 1 corda 60 metros
  • 4 costuras curtas e 2 longas 2 fitas.
  • opcional camalot #1, Camalot #2 ou similar.
Data da conquista: 29/06/1941
Informações disponíveis no site Escaladas.com.br, disponível em: <http://www.escaladas.com.br>
Documento gerado às 08:54 - 20/05/2024
© Todos os direitos reservados