Escaladas.com.br

Até o momento, temos 5.550 vias cadastradas em 1108 locais de 308 cidades de 24 estados brasileiros.

Localização do local

Dados do local Minas Gerais > Ferros > Parede Principal - Setor Clássicas Curtas

Ampliar imagem Parede Principal - Setor Clássicas Curtas
Parede Principal - Setor Clássicas Curtas. Foto: Pedro Bugim
Ampliar imagem Parede Principal - Setor Clássicas Curtas
Parede Principal - Setor Clássicas Curtas - esquema de trilhas
Parede Principal - Setor Clássicas Curtas
Cadastrada por: Luciano Bender, em 05-01-2019 às 14:07
Descrição: A Parede Principal é uma das principais atrações para os escaladores que visitam Ferros. Também conhecida como "Paredes de Aço", conta com vias entre 18 e 220 metros. Esta parede colossal possui cerca de dois quilômetros de extensão, desde sua extremidade direita (Setor Clássicas Curtas) à sua extrema esquerda (Setor Clássicas Longas), com vias de praticamente todos os tipos.

A predominância é de vias em agarras e ótimos abaulados / buracos, conferindo ao escalador lances bem estéticos. Como não poderia deixar de ser, estas paredes apresentam também boas passadas em aderência.

O interessante é o fato de a parede apresentar vias curtas e longas, ambas, tanto com graduações elevadas, quanto com graduações bem simplórias, agradando a todos os gostos.

SETOR CLÁSSICAS CURTAS

Ao entrar no vale, o excursionista terá à sua direita o Setor das Clássicas Curtas, que se estende do início da Parede Principal até uma língua de mato que o separa do núcleo da parede. Este setor concentra vias curtas, variando de 10 a 45 metros.

As exceções são as vias "Vou Dançar um Xaxaxá" e "Águas de Março", que apresentam 90 e 65 metros de extensão, respectivamente, localizadas na extremidade esquerda do setor, junto à referida língua de mato.

Com graduações variando entre III e VIsup, estas vias são perfeitas para treinamento em top-rope e guiada - neste caso, pela ótima proteção que elas oferecem. Algumas vias possuem passadas em móvel, sempre em fendas sólidas, proporcionando proteções "à prova de bomba".
Como chegar à base: Para acessar a base destas vias, deve-se pegar a trilha principal do Vale do Roncador e seguir por aproximadamente 50 metros, até a bifurcação à direita, que sobe alguns poucos metros, juntando com a parede. Esta trilha se estende por toda extensão do setor, sendo necessário apenas seguir pela mesma para atingir o início de todas as vias.
Fonte: VERGNANO, Pedro Bugim Ruel; MAGALHÃES, Antonio Carlos; GOMES, Celso José Ferreira. Guia de Escaladas de Ferros/MG. Rio de Janeiro: Ed. dos autores, 2018. Disponível em http://www.grupounicad.com.br/pedro/Guia_Ferros.pdf
Coordenada: -19.290527943390728,-42.98277093648687
Encontrou algo errado? Clique aqui

Vias cadastradas neste local

A Medalha de Lúcia
IIIsup
Acessar
Águas de Março
3º IV E1
Acessar
Amor Profano
V
Acessar
Cambal a Quatro
V
Acessar
Casas da Banha
Vsup
Acessar
Couro de Lobisomem
VIsup
Acessar
Deu Tilt
IVsup
Acessar
El Bigodón
V
Acessar
Enferrujados
IV
Acessar
Entrando no Ferro
Vsup
Acessar
Ferradura
VIsup
Acessar
Ferroada
III
Acessar
Ferrolho
IV
Acessar
Me Ferrei
VI
Acessar
Rastro de Cobra
Vsup
Acessar
Scarface
IV
Acessar
Se Meu Fusca Falasse
IV
Acessar
Testa de Aço
Vsup
Acessar
Vou Dançar o Xaxaxá
3º IV E1
Acessar