Escaladas.com.br

Até o momento, temos 6.684 vias cadastradas em 1345 locais de 355 cidades de 24 estados brasileiros.

Localização do local

Dados do local Minas Gerais > Ferros > Parede Principal – Setor de Cima

Ampliar imagem Parede Principal – Setor de Cima
Foto: Pedro Bugim
Ampliar imagem Parede Principal – Setor de Cima
Parede Principal - Setor de Cima - esquema de trilhas
Parede Principal – Setor de Cima
Cadastrada por: Luciano Bender, em 16-02-2019 às 19:35
Descrição: A Parede Principal é uma das principais atrações para os escaladores que visitam Ferros. Também conhecida como "Paredes de Aço", conta com vias entre 18 e 220 metros. Esta parede colossal possui cerca de dois quilômetros de extensão, desde sua extremidade direita (Setor Clássicas Curtas) à sua extrema esquerda (Setor Clássicas Longas), com vias de praticamente todos os tipos.

A predominância é de vias em agarras e ótimos abaulados / buracos, conferindo ao escalador lances bem estéticos. Como não poderia deixar de ser, estas paredes apresentam também boas passadas em aderência.

O interessante é o fato de a parede apresentar vias curtas e longas, ambas, tanto com graduações elevadas, quanto com graduações bem simplórias, agradando a todos os gostos.

SETOR DE CIMA

Como o nome sugere, este setor fica em uma área mais elevada da Parede Principal, contando com apenas duas vias até o momento. Apresenta uma grande possibilidade de abertura de novas linhas, apesar de o acesso ainda ser um pouco complexo.

Atenção às pedras soltas, presentes em muitos pontos da parede neste setor!
Como chegar à base: Para chegar à base desta parede, pode-se subir pela trilha das vias da esquerda, na Parede Principal Central, pegando o rio seco de pedras, à frente de um bambuzal e ao córrego, com a entrada marcada com um pequeno totem de pedra (trilha oposta à utilizada para o acesso da Parede das Aderências – Setor de Cima). Ao chegar à parede, deve-se costear a mesma para a esquerda, sempre subindo.
Outra forma de acesso é pegar a trilha da Parede Principal - Setor Clássicas Longas, com acesso às vias da direita. Subir pelo descampado e passar pela enorme laje de pedra. Ao chegar à base da via "Eu Não Sou de Ferro", continuar margeando a parede para a direita, passar pela base das vias "Rio de Mão Dupla" e "À Francesa" e continuar pela picada que leva diretamente ao setor.
Fonte: VERGNANO, Pedro Bugim Ruel; MAGALHÃES, Antonio Carlos; GOMES, Celso José Ferreira. Guia de Escaladas de Ferros/MG. Rio de Janeiro: Ed. dos autores, 2018. Disponível em http://www.grupounicad.com.br/pedro/Guia_Ferros.pdf
Coordenadas: -19.295241823439774,-42.97969349751315
Encontrou algo errado? Clique aqui

Vias cadastradas neste local

Noite de São João
D1 3º IIIsup E1
Acessar
Um Momento no Tempo
D1 4º VI E2
Acessar