Escaladas.com.br

Até o momento, temos 5.056 vias cadastradas em 999 locais de 283 cidades de 23 estados brasileiros.

Dados da Via Rio de Janeiro > Petrópolis > Pedra Comprida (face sul) > Face Sul da Pedra Comprida

Ampliar imagem Face Sul da Pedra Comprida
Foto: Marcel Leoni
Ampliar imagem Face Sul da Pedra Comprida
Denise Oliveira na quarta enfiada da Face Sul da Pedra Comprida. Foto: Marcel Leoni
Face Sul da Pedra Comprida Imprimir informações da via
D3 7º VIIc A1 E4
Cadastrada por: Luciano Bender, em 11-02-2019 às 09:06
Modalidade: tradicional / clássica
Tipo de via: principal
Face: sul
Tipo de escalada predominante: fissura
Grau de inclinação aproximado predominante: 90º
Extensão: 290 metros
Data da conquista: 2016
Descrição: Via que segue o óbvio e gigantesco diedro da Pedra Comprida, que fica nas proximidade da famosa cachoeira do Véu da Noiva. Primeira enfiada: a entrada da via é por uma corda fixa em um bico de pedra no começo do diedro. A parada também pode ser em móvel, ambas são à prova de bomba (P1). Segunda enfiada: a segunda enfiada é surpreendentemente bonita e com seu final tecnicamente exigente, em exposição. O começo do diedro gera quatro fendas, sendo evidente qual é a principal. Esta principal possui uma ao seu lado esquerdo, como em uma torre, e que pode ser também utilizada simultaneamente, principalmente no segundo terço. Esta principal vai afinando e depois sai em uma horizontal para a esquerda cruzando a aresta (cortante), conecta em outra, e chega na base da fenda seguinte (P2). Terceira enfiada: ainda não liberada, será a mais difícil da via. Entalamentos ocasionais e oposição diagonal com pés lisos em uma parede vertical. Possui outa diagonal pra esquerda e segue até o "platô da chave", uma ótima parada (P3). Quarta enfiada: linda oposição vertical com entalamentos ocasionais, e uma horizontal pra esquerda toda em entalamentos perfeitos e boa oposição em ponta de dedos, onde, antes do final, muda-se para a fenda de baixo que leva até a parada (P4). Quinta enfiada: o começo é em artificial e cliff de agarra e buraco, com três parabolts. Depois sai em livre, domina-se uma laca, e chega-se a um platô com uma árvore (P5). Sexta enfiada: muito, muito bonita, mas também exigente, toda em livre e com lances obrigatórios que levam a uma virada que, de negativa, se transforma em horizontal de forma abrupta, chegando a um platô com uma árvore já bem ao lado da Janela do Bonfim (P6). Informações de rapel: a via não possui proteção fixa (exceto no artificial), e é para ser escalada em estilo cápsula. O rapel só é possível mediante o abandono de diversos móveis. Da P4 é necessário voltar desescalando a horizontal para continuar de forma mais retilínea em direção à P3. Leve em consideração, em caso de rapel, deixar também alguns móveis direcionadores de P3 a P2, além de fitas e mosquetões diversos. O ideal da experiência é sair no cume, por isso vá com tempo firme.
Equipamento mínimo necessário:
  • 1 jogo de Camalots #.3 a #6 (2 x #2)
  • 1 jogo de Camalots #.3 a #5 (2 x #2 e 2 x #4)
  • 1 Jogo de Nuts
  • 2 Cliffs Talon BD
  • Estribos
  • Microfriends e Tricam
Conquistadores (em ordem alfabética):
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Encontrou algo errado? Clique aqui