Escaladas.com.br

Até o momento, temos 5.487 vias cadastradas em 1096 locais de 306 cidades de 23 estados brasileiros.

Dados da Via Rio de Janeiro > Petrópolis > Pedra do Cantagalo > A Soma de Todos os Medos

Ampliar imagem A Soma de Todos os Medos
Foto: Alex Sandro Ribeiro
Ampliar imagem A Soma de Todos os Medos
Foto: Alex Sandro Ribeiro
A Soma de Todos os Medos Imprimir informações da via
D4 5º VIsup A0 E3
Cadastrada por: Luciano Bender, em 02-11-2018 às 08:29
Modalidade: tradicional / clássica
Tipo de via: principal
Face: norte
Tipo de escalada predominante: agarras
Extensão: 810 metros
Data da conquista: 16/08/2006
Descrição: Via que segue por uma impressionante linha de agarras que se inicia na metade da segunda enfiada e segue quase que ininterruptamente até a décima primeira. De dificuldade média, em seu primeiro terço, as enfiadas não passam de IV grau, mas, conforme se vai avançando, a graduação aumenta e surgem lances de V e VIº, além de duas sequências de artificial que ainda não foram eliminadas. Alguns lances podem ser protegidos com peças móveis, mas as colocações nem sempre são óbvias. A via é repleta de agarras, em sua maioria muito grandes, sendo que em algumas é até possível proteger com nuts e friends. A sequência de agarras transcorre sempre para direita e mesmo nos lances mais verticais a via se torna fácil devido ao tamanho das agarras. A maioria das enfiadas é cheia, com 55 a 60 metros (a primeira tem uns 70 metros e é preciso sair à francesa para se chegar à parada). As últimas enfiadas são mais curtas, com 40 a 45 metros. As proteções (na maioria grampos de 1/2") no geral são um pouco distantes, com quatro grampos em média por enfiada. Há predominância de agarras, com alguns poucos lances de aderência, algumas horizontais grandes e muitas diagonais, normalmente para a direita. Quase todas as paradas são duplas, exceto: 10ª, 11ª, 12ª, 13ª, 15ª, 16ª.

Pode-se rapelar da via de qualquer ponto com uma corda de 60 m (exceto, talvez, da metade final da segunda enfiada para primeira). Entretanto, os rapéis são muito difíceis e complicados de se fazer devido às diagonais e horizontais. Por isso, a melhor opção é descer por caminhada, a partir do cume. Em caso de chuva, é praticamente impossível descer pela via.
Equipamento mínimo necessário:
  • 01 corda de 60 m
  • 08 costuras grandes
  • Nuts pequenos e médios
  • Friends (TCUs) pequenos e médios
  • Fitas de tamanhos diversos
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Encontrou algo errado? Clique aqui

Outras vias cadastradas neste local

Paredão Galo Kambô
D3 7º VIIc E3
Acessar
Diedro Galo Rabujento
Vsup
Acessar
Paredão O Galo Cantou
D5 7º VIIc (A0/VIIIa) A1 E3
Acessar
Fissura Zen
3º IIIsup E2
Acessar